sexta-feira, 14 de maio de 2010

Eu e tu

Mesmo que a tua vida não venha a ser tudo aquilo que eu imaginava para ti, que por vezes seja injusta, que não tenhas o que mereces, uma coisa podes ter a certeza, a mãe vai estar sempre ao teu lado.
Por mais coisas que tenha perdido após o teu nascimento "ganhei-te" a ti, ganhei este amor maior, este sentimento de protecção, um sentimento tão grande que não há palavras para explicar, ao conhecer-te conheci um mundo completamente novo, fui levada aos meus limites mas ao olhar para ti no teu soninho descansado tudo compensava.
Durante quase 8 meses vivemos praticamente um para o outro e vou continuar a viver para ti.
Amo-te tanto, adoro os miminhos que já me dás e os teus sorrisos gratuitos que me deliciam e me fazem pensar que vai correr tudo bem. Dás-me força para tudo!
Venho o que vier seremos sempre nós os dois, vou fazer de tudo para seres feliz...

...és a razão do meu viver.

Amo-te bebé!

1 comentários:

Principe Pipoca disse...

Palavras muito bonitas!
Beijinhos